quinta-feira, 18 de julho de 2013

Yamandú Costa é uma das atrações da 15ª Jornada Nacional de Literatura

Violonista e compositor, Yamandu
cria interpretações de rara
personalidade no seu violão de sete cordas
O passo-fundense Yamandu Costa, violonista e compositor reconhecido internacionalmente pela mistura de estilos e qualidade técnica, é uma das atrações da 15ª Jornada Nacional de Literatura de Passo Fundo-RS. No dia 24 de agosto, sábado que antecede a Jornada, Yamandu Costa sobe ao palco no Portal das Linguagens, a partir das 21h. Os ingressos podem ser adquiridos nos pontos de venda Wizard Paissandú e Bella Cittá e Gambatto Ford Boqueirão, em horário comercial.
Nascido em Passo Fundo em 1980, Yamandu começou a estudar violão aos 7 anos com o pai, Algacir Costa, líder do grupo “Os Fronteiriços”. Até os 15 anos, sua única escola musical era a música folclórica do Sul do Brasil, Argentina e Uruguai. Depois de ouvir Radamés Gnatalli, começou a procurar por outros músicos brasileiros, tais como Baden Powell, Tom Jobim, Raphael Rabello, entre outros. Aos 17 anos apresentou-se pela primeira vez em São Paulo, e a partir daí passou a ser reconhecido como músico revelação do violão brasileiro.
Um dos maiores fenômenos da música brasileira de todos os tempos, o jovem Yamandu é capaz de levantar em êxtase plateias e de emocionar do grande público aos mais apurados ouvidos. Suas interpretações performáticas conseguem remodelar cada música que ele toca e revelam uma profunda intimidade com seu instrumento.
Yamandu toca de choro à música clássica brasileira, mas também é um gaúcho cheio de milongas, tangos, zambas e chamamés. Um violonista e compositor que não se enquadra em nenhuma corrente musical, é uma mistura de todos os estilos e cria interpretações de rara personalidade no seu violão de sete cordas.
A realização do show é da Planet Shows Multi Eventos e da UPF 45 anos.

Jornada de Literatura
Pioneira no calendário brasileiro de eventos literários, a Jornada é realizada desde 1981 e, nessa 15ª edição, receberá mais de uma centena de escritores de nove nacionalidades. O tema escolhido pela organização para guiar os debates é “Leituras jovens do mundo”. Entre os dias 27 e 31 de agosto, autores, intelectuais e leitores vão explorar o potencial, as preferências e a diversidade de interesses e de comportamentos do público jovem, em especial.
A realização das Jornadas Literárias é da Universidade de Passo Fundo (UPF) em parceria com a Prefeitura de Passo Fundo e com apoio de empresas e órgãos públicos. Informações podem ser obtidas no portal www.jornadasliterarias.upf.br, pelos e-mails jornada@upf.br ou jornadinha@upf.br e pelo telefone (54) 3316 8368.

Nenhum comentário:

Postar um comentário